Sem ter o que comer, família afegã vende filha de 9 anos para casamento com um homem de 55 anos

 

O drama de várias famílias afegãs que não têm o que comer foi documentado pela CNN recentemente. A mesma reportagem registou o momento em que uma menina de 9 anos foi vendida para um homem de 55, para que um casamento entre ambos fosse consumados.

A pequena Parwana Malik foi vendida por cerca de 2 mil euros e algumas fotografias verdadeiramente difíceis de ver da menina a ser entregue ao seu comprador, identificado apenas como Qorban, e a entrar no carro dele causaram impacto nas redes sociais.

O pai da criança disse: “O velho disse-me: ‘Eu estou a pagar pela menina. Não é da sua conta o que estou ou vou fazer com ela. Isso é da minha conta'”. Se a situação financeira da família não melhorar, ele teme que possa vir a precisar de vender a sua segunda filha, de apenas 2 anos.

 

Outra criança chamada Magul também foi informada pela família de que talvez precisasse de ser vendida a um homem de 70 anos para saldar uma dívida. A criança de 10 anos disse que preferia matar-se a deixar sua família, mas posteriormente, a CNN informou que o negócio acabou por ficar fechado.

Outro pai afirmou que estava disposto a vender as suas filhas, de 4 e 9 anos, por cerca de 1000 euros cada para impedir que a família morresse à fome.

Várias famílias com dívidas estão a ser ameaçadas pelos Talibã, que, recentemente, voltaram ao poder no Afeganistão, com a retirada das tropas americanas.

Muito triste.