Simulação mostra como é o pôr do sol noutros planetas e é assombroso de ver

 

Um dos melhores espectáculos naturais dos quais podemos desfrutar é o pôr do sol, porque graças às partículas da atmosfera, a longitude das ondas de luz muda e podemos ver cores alucinantes.

A verdade é que o pôr do sol não é um fenómeno exclusivo do planeta Terra e agora, graças a uma nova ferramenta digital desenvolvida pela NASA, podemos ver como são noutros planetas como Marte ou Vénus…

O Gerador de Espectro Planetário pode replicar diferentes condições climatéricas, não só na Terra mas também em outros planetas. Com esta ferramenta, podem-se alterar diferentes valores de elementos na atmosfera e o resultado é simplesmente genial.

Os primeiros modelos do simulador foram elaborados pelo cientista planetário Gerónimo Villanueva, da NASA, e mostram como seria o pôr do sol na Terra, na Terra com um clima nublado, em Vénus, em Marte, em Úrano e em Titã, a maior lua de Saturno.

Confere:

 

Estas perspectivas são como se visses o pôr do sol através de um potente telescópio e a diferença de cores deve-se principalmente ao facto destes distintos lugares do espaço terem características únicas nas suas atmosferas.

Dado que as partículas de pó de cada planeta têm diferentes concentrações, em Vénus por exemplo a mudança não é tão notória por estar mais próximo do SOl mas em Úrano há uma mudança de tons de azul muito interessante.

Muito curioso.