Teoria sugere que o filme “Back to the Future” conseguiu prever o 11 de setembro

 

Back to the Future é um filme de ficção científica que se tornou o alvo de milhares de fãs no que toca à procura de algum sinal de alguma mensagem escondida sobre a história da humanidade. A sua influência na cultura pop tem sido imensa e tem suscitado milhares de teorias sobre o próprio enredo do filme.

Com isto, existem aquelas pessoas que estão sempre super empenhadas em encontrar previsões no filme, ao género do que tem acontecido com a icónica série The Simpsons.

Agora, um vídeo de 2015 veio alegadamente assegurar que a trilogia protagonizada por Marty McFly era toda uma representação e um aviso sobre o ataque às Torres Gémeas.

O vídeo é uma interpretação baseada numa espécie de escola de pensamento baseada numa concepção geral de misticismo de Carl Gustav Jung, sobre a explicação impossível de certos acontecimentos, chamada “sincromiticismo”, que ganhou milhares de seguidores nas redes sociais e que tenta encontrar a ligação em detalhes que parecem não estar relacionados. Através deste método de interpretação, o vídeo tornou-se recentemente viral, porque embora tenha sido lançado há 6 anos, não tinha tido o impacto desejado nas redes sociais.

Em geral, o vídeo utiliza vários elementos iconográficos do filme para apoiar a alegação de que o mesmoestava a ser dado um aviso sobre o ataque terrorista do 11 de setembro.

 

A teoria baseia-se na cena em que Marty chega a um centro comercial chamado “Twin Pines” e depois, após uma mudança no tempo e um ataque de terroristas líbios, passa a ser “Lone Pine”. O vídeo interpreta o pinheiro como a figura da torre. Aponta também que os relógios em várias cenas ao longo da trilogia indicam a data de 11 de setembro de forma invertida.

A coisa fica ainda mais interessante, porque quando o vídeo foca a cena futurista em que a mãe de Mcfly muda a paisagem do ecrã do seu quarto, é possível ver um jardim com dois pinheiros e depois um fundo noturno onde as Torres Gémeas podem ser vistas, conseguindo assim um certo fio interpretativo.

O último argumento forte é de que o argumentista do filme escreveu a série The Walk, que fala sobre um equilibrista que queria passar sobre um cabo entre as torres e que seria o mesmo Marty McFly de um universo alternativo, pois as roupas de ambos eram muito semelhantes.

De certa forma, o vídeo aponta para uma certa tendência ou gosto do realizador por mostrar as Torres Gémeas de alguma maneira.

Confere:

O que dizer?