“Vespas assassinas GIGANTES” tiradas do ninho e destruídas por profissionais

 

Em imagens que parecem saídas de um filme de terror ou de ficção científica, é possível vermos homens equipados com fatos de proteção armados até aos dentes para destuírem um ninho de vespas-gigantes-asiáticas, vulgarmente denominadas de “vespas assassinas”. 2020 continua a surpreender-nos das formas mais bizarras e agora, estes grupo de entomologistas e cientistas viu-se obrigado a exterminar um ninho de vespas localizado em Washington.

O plano era simples: apanhar a vespa-gigante-asiática desprevenida, pela manhã, e exterminar todas as outras, de acordo com o que reportou a TMZ. O ninho encontrava-se numa árvore perto de uma zona residencial e as entidades competentes tiveram de ser chamadas devido à preocupação dos locais. Ao que consta, o plano correu na perfeição, mas basta ver as imagens dos responsáveis pelo extermínio para perceber que a missão era séria:

 

Aparentemente, as vespas mortas foram inclusive congeladas para ajudar ao estudo e investigação científica. O Programa de Pestes do Departamento de Agricultura do Estado de Washington descreveu a operação como um sucesso, porque conseguiram limpar a área em questão e tranquilizar os residentes das proximidades.

As primeiras vespas-gigantes-asiáticas começaram a ser vistas no início de maio nos Estados Unidos e são apelidadas de “vespas assassinas” por terem a capacidade de limpar colmeias inteiras numa questão de horas.

Felizmente, elas são inofensivas para os humanos.